NeMPo

Grupo Português de Utilizadores de Neutrões e Muões

(Neutrões e Muões em Portugal/Neutrons&Muons in Portugal)

A difração e difusão elástica e inelástica de neutrões, e espectroscopia de relaxação de muões são técnicas experimentais de relevo para a investigação científica em diversas áreas, desde o estudo fundamental e aplicado em matéria condensada, passando pelo desenvolvimento de novos materiais para utilização, por exemplo, nas áreas das energias renováveis ou como catalisadores a estudos de biosistemas (proteínas, DNA, bactérias e células), estudo estrutural de moléculas com importância na farmácia e engenharia biomédica, à  arqueometria e estudo de obras de arte. O impacto destas técnicas nas Ciências Fundamentais, na Indústria, Antropologia, Arqueologia, Arte e Património, Ciências Forenses, Ciências Alimentares e Saúde Humana é atualmente indiscutível. O facto destas técnicas serem complementares de outros métodos de análise (ex. óticos) tornam-nas particularmente úteis. Não admira, por isso, que o número de investigadores que procurem tempo de feixe em grandes infraestruturas com estas técnicas tenha vindo a aumentar nos últimos anos.

Esta área de actividade encontra-se identificada como prioritária pela European Science Foundation atualmente envolvida na construção do consórcio europeu de investigação European Spallation Source (em Lund/Suécia). Em Portugal, tem-se verificado um crescente envolvimento de grupos e centros de I&D neste tipo de metodologias.

O Grupo Português de Utilizadores de Neutrões e Muões – NeMPo – possui à data cerca de 30 membros, de diversas áreas científicas (nomeadamente Física/Biofísica e Química/Bioquímica), com uma representação alargada a todo o país.

 

Elementos directivos:

Presidente – Maria Paula M. Marques (Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra)

Vice-Presidente – Joaquim Agostinho Moreira (Faculdade de Ciências da Universidade do Porto)


© 2019 Divisão de Física de Matéria Condensada